Euro sobe forte com informes de ajuda organizada pela Alemanha

A possível solução inclue suporte bilateral e ajuda internacional coordenada pela União Europeia

Regina Cardeal, da Agência Estado,

09 de fevereiro de 2010 | 15h41

O euro chegou a subir 1,4% em meados da sessão em Nova York em meio a informes de que está sendo organizado um plano de ajuda para a Grécia.

 

Segundo o FT Deutschland, que cita fontes da coalizão do governo alemão, a Alemanha está elaborando um pacote de socorro para a Grécia. As possíveis soluções incluem suporte bilateral e ajuda internacional coordenada pela União Europeia. O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schaeuble, deve informar os líderes do partido CDU, da chanceler Angela Merkel, sobre o detalhes nesta quarta-feira, segundo os informes.

 

"Estes relatos estão ajudando a aliviar os temores de curto prazo sobre a estabilidade fiscal da Grécia", disse Omer Esiner, analista sênior da Travelex Global Business Payments em Washington.

 

O euro já ensaiava uma recuperação desde mais cedo, reagindo a relatos de que o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, estava deixando uma reunião de dirigentes de bancos centrais antes do planejado na Austrália para participar de um encontro de líderes da União Europeia na quinta-feira.

 

Por volta das 15h30 (de Brasília), o euro era negociado em US$ 1,3834, de US$ 1,3659 no fim da tarde de ontem em Nova York. O dólar era negociado em 89,64 ienes, de 89,30 ienes ontem.

 

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
eurodólarzona do euroGrécia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.