Fator mantém recomendação "atraente" para Confab

A Fator Corretora manteve a recomendação "atraente" para as ações da Confab, após a companhia ter anunciado, esta semana, contrato de US$ 161 milhões para fornecimento de tubos para ampliação da rede de gasodutos da Argentina. Segundo nota divulgada pela corretora, o anúncio do contrato é positivo, mas "apenas confirma expectativa já incorporada no valor da ação". Com o novo projeto e o fornecimento de tubos para o Gasene, anunciado no início do mês, a Fator Corretora elevou o preço-alvo das ações da Confab de R$ 4,50 para R$ 5,00. O preço-alvo é para dezembro deste ano. Às 15h04, as ações preferenciais da Confab valiam R$ 4,36. Assim, o preço-alvo indica potencial de valorização para as ações de 14,6% até o fim deste ano. A carteira de pedidos de tubos da Confab passou de R$ 1,3 bilhão para R$ 1,8 bilhão. Os dois projetos deverão ter reflexos nos resultados da empresa no quarto trimestre, segundo a Fator Corretora. Nos dois projetos, o aço será fornecido pelo Sistema Usiminas.

Agencia Estado,

20 de setembro de 2006 | 15h13

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.