Fazenda cria grupo de trabalho para estimular setor de petróleo e gás

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou hoje no Rio a formação de um grupo de trabalho em parceria com a Organização Nacional da Indústria de Petróleo (Onip) para estudar melhorias que possam ser implementadas no setor de petróleo e gás natural. "Sabemos que existem US$ 100 bilhões que podem ser investidos neste setor nos próximos cinco anos e queremos criar condições para que eles realmente aconteçam", disse em evento promovido pela Onip no Rio.O secretário de Política Econômica, Júlio Sérgio de Almeida, será o representante do Ministério da Fazenda neste grupo. Segundo Mantega, a idéia é que o grupo funcione a exemplo do que já foi criado para a indústria têxtil, e o que está sendo montado para a indústria calçadista, "possibilitando uma maior interlocução entre governo e empresas privadas para que a troca de experiências traga soluções para impasses no setor"."Podemos discutir melhor a questão da arrecadação do setor de petróleo, tema que sempre gera polêmica hoje, ou a questão dos créditos tributários, que hoje é uma confusão, ou abordarmos a Lei Kandir, para a qual temos diversas propostas. Sabemos que existem condições de encontrar soluções que podem ser implementadas num curtíssimo prazo, outras em médio ou até longo prazo, mas que precisam ser discutidas", exemplificou.

Agencia Estado,

27 de outubro de 2006 | 12h29

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.