Feriado começa hoje em vários mercados mundiais

As celebrações da Semana Santa começam nesta quinta-feira em vários países, provocando o fechamento dos respectivos mercados financeiros. Será feriado hoje na Argentina, Colômbia, Dinamarca, Equador, México, Peru, Venezuela e Filipinas. Na Suécia, os mercados financeiros vão fechar mais cedo. Na sexta-feira, será feriado nos seguintes países: Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Dinamarca, Equador, França, Alemanha, Grécia, Hong Kong, Índia, indonésia, Irlanda, Itália, México, Países Baixos, Nova Zelândia, Noruega, Filipinas, Polônia, Portugal, Cingapura, África do Sul, Espanha, Suécia, Suíça, Reino Unido, EUA e Venezuela. Na Ásia, alguns mercados operaram hoje e não funcionam na sexta-feira: Sri Lanka (Festival Ano Novo Pré-Sinhala Tâmil) e Tailândia (Festival Songkran). EUA Alguns mercados financeiros nos EUA vão fechar mais cedo nesta quinta-feira, em obervação ao ferido da Sexta-feira Santa. Mas a Bolsa de Nova York (New York Stock Exchange, Nyse) vai operar normalmente. Na sexta-feira, todos os mercados permanecerão fechados. Por recomendação da Bond Market Association, o mercado de bônus vai fechar mais cedo, às 15h (de Brasília). Na Chicago Mercantile Exchange (CME), as transações com futuros de commodities, câmbio e taxas de juro irão fechar às 10h (de Brasília). Os negócios com opções de commodities vão fechar às 10h02 (de Brasília). Na Chicago Board of Trade (CBOT), os negócios com os contratos agrícolas vão funcionar normalmente, mas não haverá transações desses contratos no overnight e no e-cbot. Na Nymex, os mercados de petróleo e metais vão operar normalmente, apenas não haverá a abertura das transações do sistema eletrônico (Access) no final da tarde. Os negócios do Access serão retomados a partir das 20h (de Brasília) de domingo, dia 16. As informações são da Dow Jones e dos sites das respectivas bolsas.

Agencia Estado,

13 Abril 2006 | 08h10

Mais conteúdo sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.