Fibria volta a distribuir dividendos; R$ 264 mi juntando 2009 e 2010

Proposta de dividendos, a ser votada em AGO no próximo dia 28 de abril, é no valor de R$ 264 milhões, referente aos exercícios 2009 e 2010

André Magnabosco, da Agência Estado ,

16 de fevereiro de 2011 | 15h41

 A Fibria, empresa resultante da união entre Aracruz e Votorantim Celulose e Papel (VCP), oficializou hoje a volta das distribuições de dividendos suspensas devido à crise econômica iniciada nos Estados Unidos no segundo semestre de 2008. A proposta de dividendos da companhia, a ser votada em assembleia geral ordinária (AGO) no próximo dia 28 de abril, é no valor de R$ 264 milhões, referente aos exercícios 2009 e 2010.

A distribuição de dividendos para o exercício findo em 31 de dezembro de 2010 é no valor de R$ 0,30 por ação, totalizando R$ 142 milhões. Os R$ 122 milhões (R$ 0,26 por ação) restantes são provenientes do saldo da reserva especial acumulado no final do ano passado, a ser transferido para o passivo circulante, na rubrica "Dividendos a pagar".

No balanço divulgado hoje, a própria Fibria lembrou que a retenção do pagamento de dividendos referentes ao exercício de 2009, a despeito do lucro no período, foi uma decisão estratégica. "A despeito do resultado do exercício findo em 31 de dezembro de 2009, a Administração da companhia, tendo em vista os compromissos assumidos, seu nível de endividamento, sua estratégia de gestão dos passivos financeiros e o plano de negócios da companhia, deixou de propor dividendos, naquele exercício, conforme permitido pelo artigo 202, parágrafo 4º da Lei no 6.404/76", aponta o relatório.

A retomada da distribuição de dividendos pela Fibria foi sinalizada em novembro passado pelo diretor Financeiro e de Relações com Investidores João Elek. Esta será a primeira distribuição de dividendos provenientes de resultados da Fibria desde que a companhia foi criada, em setembro de 2009. O estatuto social da Fibria determina o dividendo mínimo anual correspondente a 25% do lucro líquido, ajustado pelas movimentações patrimoniais das reservas.

Tudo o que sabemos sobre:
FibriaVotorantimVCP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.