Fitch rebaixa rating da Espanha para AA+

A perspectiva para o rating é estável

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado,

28 de maio de 2010 | 14h09

A agência de classificação de risco Fitch reduziu os ratings de probabilidade de inadimplência da Espanha em moeda local e estrangeira para AA+, de AAA, afirmando que o rebaixamento reflete a avaliação de que o processo de ajuste do país a um nível menor de endividamento vai reduzir materialmente a taxa de crescimento da economia espanhola. A perspectiva para o rating é estável.

 

"Apesar da dívida do governo e dos custos com juros (a ela) associados continuarem dentro da faixa AAA, a Fitch espera que o processo de ajuste econômico será mais difícil e prolongado do que em outras economias com rating soberano AAA", afirmou Brian Coulton, chefe de ratings soberanos para a Europa, o Oriente Médio e a África na Fitch, em um comunicado.

 

Segundo a Fitch, embora o reequilíbrio da economia da Espanha esteja firmemente em andamento, a inflexibilidade do mercado de trabalho e a reestruturação de bancos de poupança - as chamadas "cajas" - vão reduzir o ritmo de ajuste do país. Em consequência disso, a dívida do governo provavelmente será equivalente a 78% do Produto Interno Bruto (PIB) até 2013 em comparação a menos de 40% do PIB em estimativas feitas antes da crise financeira.

 

No final de abril, a agência de classificação Standard & Poor's rebaixou o rating da Espanha para AA com perspectiva negativa. A Moody's ainda atribui rating AAA para o país, com perspectiva estável.

Tudo o que sabemos sobre:
fitchespanhaperspectivaestável

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.