Fitch rebaixa rating dos quatro maiores bancos da Grécia

A Fitch Ratings rebaixou os ratings dos quatro maiores bancos da Grécia, afirmando que o aperto fiscal do governo terá "um efeito significativo na economia real". A agência cortou um grau os ratings de longo prazo do National Bank of Greece, Alpha Bank, EFG Eurobank Ergasias e Piraeus Bank para BBB, classificação que está dois graus acima de junk.

Regina Cardeal, da Agência Estado,

23 de fevereiro de 2010 | 12h25

 

A Fitch afirmou que a qualidade dos ativos e a lucratividade dos bancos, que já estavam enfraquecendo, "ficarão sob uma pressão maior" por causa do ajuste fiscal que "precisa ser feito" pelo governo grego. Estes ajustes vão afetar a demanda por crédito e colocar pressão adicional sobre a qualidade dos ativos, o que pode resultar em custos de crédito mais elevados e reduzir a lucratividade das instituições, acrescentou a Fitch.

 

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Grécia, bancos, ratingFitch

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.