Frankfurt fecha em baixa de 0,01%; Milão +0,30%

O mercado de ações da Alemanha fechou com o índice Xetra-DAX em baixa de 0,30 ponto (0,01%), em 5.348,72 pontos. "Parece que foi apenas uma correção de curto prazo, com bom nível de suporte em 5.300 pontos", comentou um trader. Ele acrescentou que "o mercado se recuperou bem da mínima intraday", que foi em 5.290,49 pontos. As ações da Infineon fecharam em alta de 2,23%, depois de terem operado parte do pregão em baixa, em reação a seu informe de resultados. As da ProSiebenSat subiram 0,09%, depois de a autoridade antitruste alemã vetar a compra da empresa pela Axel Springer. As do Commerzbank caíram 1,05%; o desmentido dos rumores de aquisição levou à realização de lucros. Nesta terça-feira, o mercado estará atento aos informes de resultados de empresas a serem divulgados nos EUA; na quarta, o foco das atenções estará na pesquisa de confiança na economia alemã do instituto IFO, da Universidade de Munique. Na Bolsa de Milão, o índice S&P-Mib fechou em alta de 106 pontos (0,30%), em 35.787 pontos. Traders disseram que o mercado reagiu à abertura positiva das Bolsas dos EUA, mas que houve pouca atividade no mercado, com os investidores preferindo esperar por uma definição mais convincente da tendência das ações norte-americanas e dos preços do petróleo. "Ainda estamos à espera de um sinal da América", disse um trader. As ações da Seat Pagine Gialle subiram 2,46%, recuperando-se das quedas recentes. As do banco Mediolanum avançaram 1,93%, em reação a elevações de recomendação por analistas.

Agencia Estado,

23 de janeiro de 2006 | 16h05

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.