Fundos de investimento concentram debêntures da TAM

A TAM informou hoje o encerramento da distribuição de R$ 500 milhões em debêntures simples, da 1ª emissão. A maior parte dos papéis, 96%, ficou concentrada nas mãos de 121 fundos de investimentos. A empresa usará os recursos para o financiamento de peças de reposição e manutenção de motores das atuais aeronaves e para as novas que integrarão a frota da empresa. Foram distribuídos 50 mil papéis, no valor unitário de R$ 10 mil, com prazo de seis anos e vencimento em 2012. Os títulos renderão juros de 104,5% da taxa média do DI. A remuneração será paga semestralmente, a partir da data de emissão. O líder da operação é o Bradesco, tendo como coordenadores Itaú BBA e Unibanco.

Agencia Estado,

14 de setembro de 2006 | 20h40

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.