Fundos de investimento ficam com 56,17% das ações da Gafisa

Gafisa captou R$ 1,063 bilhão na oferta

Agência Estado,

30 de março de 2010 | 09h27

Os fundos de investimento foram os maiores compradores das ações da Gafisa na oferta de ações da empresa. Ao todo, 242 fundos compraram 26.197.145 ações, ficando com 56,17% dos papéis na oferta brasileira. Os investidores estrangeiros tiveram participação de 30,28% com a compra de 14.121.900 ações por 70 deles, de acordo com anúncio de encerramento da distribuição, publicado esta manhã nos jornais. A Gafisa captou R$ 1,063 bilhão na oferta.

 

A Gafisa fez uma oferta internacional de 38.465.580 papéis sob a forma de 19.232.790 de American Depositary Shares, registradas na SEC, a comissão de valores mobiliários dos Estados Unidos. Foram distribuídos ao público 85,1 milhões de ações ao todo, equivalente a 20% do capital social da Gafisa. Cada ação foi vendida a R$ 12,50.

 

A empresa optou por não colocar no mercado o lote adicional de ações, que aumentaria o total de papéis ofertados em mais 20%. O lote adicional, porém, foi exercido. O J.P.Morgan distribuiu 10,36 milhões de papéis na forma de ADS e mais 740 mil em ações, totalizando 15% da oferta total.

 

O J.P. foi contratado para estabilizar os preços, mas não precisou atuar no mercado. No último dia 24, essa atividade foi encerrada.

 

As pessoas físicas ficaram em terceiro lugar entre os maiores compradores: 2.488 investidores compraram 5 milhões de papéis, equivalente a 10,76% da oferta brasileira. Entre os outros compradores estão 55 clubes de investimento (0,63% da oferta), 15 entidades de previdência privada (1%), demais instituições financeiras (duas instituições, com 0,85% da oferta), demais pessoas jurídicas (38 investidores, 0,28% da oferta).

 

Itaú BBA (líder), J.P.Morgan e Banco Votorantim foram os coordenadores contratados.

Tudo o que sabemos sobre:
Gafisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.