Fundos sofrem perda de recursos em junho

Os fundos de investimento registram resgate líquido de R$ 863,2 milhões no acumulado do mês de junho até o dia 16, de acordo com dados da Associação Nacional dos Bancos de Investimento (Anbid). Na data, o patrimônio da indústria somava R$ 809,269 bilhões. A categoria multimercado foi a que registrou a maior saída de recursos no período: R$ 1,105 bilhão. Em seguida, aparecem os fundos de renda fixa, com resgates de R$ 450,5 milhões, e referenciado DI (R$ 50,6 milhões). Do lado das captações, os fundos de previdência aparecem como principal destaque, com R$ 346,8 milhões. As carteiras de dívida externa (R$ 173 milhões) e curto prazo (R$ 102,6 milhões) também apresentam entrada de recursos. Apesar da volatilidade enfrentada pela Bolsa, os fundos de ações registram captação líquida de R$ 28,3 milhões no mês e de R$ 380,3 milhões no acumulado dos últimos 30 dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.