Futuros de petróleo operam em baixa

Os contratos futuros de petróleo operam em baixa nesta quinta-feira, 20, enquanto os investidores tentam digerir sinais mistos e a temporada de manutenção em refinarias começa a reduzir a demanda pela commodity.

Agencia Estado

20 de março de 2014 | 09h08

"Do ponto de vista dos fundamentos, a temporada de manutenção de refinarias em ambos os lados do Atlântico, a melhora do clima na primavera (no hemisfério norte) e a oferta abundante ainda devem limitar o potencial de alta de ambas as referências (do petróleo)", comentou Andrey Kryuchenkov, analista da VTB, em nota a clientes.

O prêmio de risco criado por semanas de tensões em torno da anexação da região ucraniana da Crimeia pela Rússia "já foi totalmente eliminado", segundo Kryuchenkov, embora qualquer escalada no conflito "possa dar um breve impulso aos preços do petróleo".

Além disso, os mercados de petróleo ainda absorvem a decisão de política monetária anunciada ontem pelo Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA). Como previam os analistas, o Fed reduziu suas compras mensais de bônus em mais US$ 10 bilhões, mas sua presidente, Janet Yellen, sugeriu que os juros dos EUA podem começar a subir antes do esperado.

Às 8h46 (de Brasília), o brent para maio caía 0,25%, a US$ 105,59 por barril, na plataforma eletrônica ICE, enquanto na Nymex, o petróleo para abril recuava 0,41%, a US$ 99,96 por barril. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleorefinariasmanutenção

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.