Futuros do petróleo recuam após rebaixamento da Espanha pela Fitch

Na Nymex, às 14h51os contratos de petróleo bruto para julho caíam US$ 0,93, para US$ 73,62 o barril

Álvaro Campos, da Agência Estado,

28 de maio de 2010 | 14h47

Os contratos futuros de petróleo passaram a cair, acompanhando a alta do dólar frente ao euro, depois de a agência de classificação de risco Fitch rebaixar o rating da dívida soberana da Espanha.

 

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), às 14h51 (de Brasília) os contratos de petróleo bruto para julho caíam US$ 0,93, ou 1,25%, para US$ 73,62 o barril. Na Intercontinental Exchange (ICE), os contratos do petróleo Brent para julho recuavam US$ 0,86, ou 1,15%, para US$ 73,80.

 

No mesmo horário, o euro era cotado a US$ 1,2306, em comparação com US$ 1,2370 logo antes de o rebaixamento do rating da Espanha ser anunciado. Altas do dólar pressionam para baixo os preços do petróleo, já que tornam a commodity mais cara para compradores que usam outras moedas.

 

A baixa dos preços do petróleo demonstra como o mercado de energia permanece sensível a oscilações do câmbio causadas pelos problemas das dívidas da Europa. Sinais de estabilização na Europa e dados econômicos fortes na China e nos Estados Unidos vinham ajudando o petróleo a se recuperar nesta semana, após uma onda de vendas, mais cedo neste mês, levar os preços para a mínima de US$ 64,24 o barril.

 

Na manhã desta sexta-feira os futuros de petróleo eram negociados próximos aos valores do fechamento de ontem, depois de os dados que mostraram que os consumidores nos EUA diminuíram seus gastos no mês passado serem ofuscados por uma elevação no sentimento do consumidor. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleowtibrent

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.