Global40 tem leve baixa, sem reação a dado dos EUA

Os dados de inflação, divulgados esta manhã nos EUA, vieram em linha com o esperado e não tiveram qualquer impacto sobre o mercado da dívida externa brasileira. Os títulos do País mantiveram a leve baixa nos preços em meio ao reduzido volume de negociação, típico das sextas-feiras. O núcleo do índice de preços dos gastos com consumo pessoal nos EUA subiu 0,2% em agosto, ante o mês anterior, conforme era esperado pelos analistas. Na corretora López Léon, o último negócio com o Global40 até às 11h55 (de Brasília) foi fechado em 130,10 centavos por dólar, em queda de 0,23%. Às 12h04, o dólar comercial era negociado a R$ 2,173, com alta de 0,05% no mercado interbancário e a R$ 2,17245 no pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), com perda de 0,07% em relação a ontem. O risco Brasil perdia um ponto, porcentual a 2,32%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.