Globex apresentará proposta de incorporação da nova Casas Bahia

Patrimônio líquido de Globex, em razão da incorporação de ações, será aumentado em R$ 1,468 bilhão, com a emissão de 151.663.259 novas ações  

Agência Estado,

25 de outubro de 2010 | 12h17

A Globex informa, em fato relevante, que, com o objetivo de integrar suas atividades com as da Nova Casas Bahia (NCB), será submetida aos acionistas das empresas proposta de incorporação, pela Globex, da totalidade das ações de emissão da NCB, para integração dos seus negócios no setor de varejo e de comércio eletrônico de bens duráveis.

 

Para este processo, as ações de NCB serão incorporadas pela Globex por seu valor contábil em 30 de junho de 2010, tomando-se em conta os efeitos da cisão parcial de Casa Bahia Comercial, ocorrida em 1º de outubro de 2010, cuja parcela cindida foi incorporada por NCB.

 

Os acionistas de NCB receberão 0,10324954660 ação ordinária de emissão de Globex por ação ordinária de emissão

de NCB de sua propriedade. Essa relação de substituição deverá ser proporcionalmente ajustada em caso de desdobramento, grupamento, bonificação ou qualquer outro evento que resulte em alteração do número de ações em que se divide o capital social de Globex e/ou de NCB sem modificação de seu patrimônio líquido.

 

Aumento de capital

 

O valor total de emissão das ações da Globex no aumento de capital decorrente da incorporação de ações será o valor patrimonial contábil das ações de NCB na data-base, tomando-se em conta os efeitos da cisão de Casas Bahia (notadamente a incorporação da parcela cindida por NCB) ocorrida em 1º de outubro. Referidas ações serão subscritas pelos administradores de NCB e integralizadas mediante a versão das ações ordinárias de emissão de NCB ao patrimônio de Globex.

 

O patrimônio líquido de Globex, em razão da incorporação de ações, será aumentado em R$ 1,468 bilhão, com a

emissão de 151.663.259 novas ações.

 

A efetivação da incorporação de ações está condicionada à prévia aprovação de outro aumento de capital proposto pela administração da Globex nesta data, no valor de R$ 755.519.802,06. Se aprovado este outro aumento de capital, serão emitidas novas 47.219.987 ações ordinárias, que somadas as 151.663.259 ações emitidas por conta da incorporação de ações resultarão num capital social da Globex dividido em 322.687.786 ações ordinárias. A totalidade das ações de emissão de NCB passará a ser de propriedade de Globex, tornando-se NCB subsidiária integral de Globex.

 

De acordo com o fato relevante, a efetivação da incorporação de ações dependerá da aprovação da assembleia geral extraordinária (AGE) de NCB para aprovar o Protocolo e Justificação e a Incorporação de Ações, bem como autorizar a subscrição, pelos administradores de NCB, das ações a serem emitidas por Globex e da AGE da Globex, convocada para 9 de novembro, com o objetivo de aprovar o Protocolo e Justificação e autorizar o aumento de capital social a ser subscrito e integralizado pelos administradores de NCB e aprovar o laudo de avaliação.

 

A Globex informa ainda que a associação encontra-se em fase de análise pelas autoridades de defesa da concorrência com jurisdição sobre as sociedades envolvidas e que a empresa manterá seu registro de companhia aberta após a incorporação de ações.

(Equipe)

Tudo o que sabemos sobre:
GlobexCasas Bahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.