GM aprova conversas iniciais para aliança com Renault e Nissan

O conselho da General Motors (GM) aprovou, em reunião realizada hoje, o início de conversas para uma aliança com a francesa Renault e a japonesa Nissan. "Entraremos nas discussões com a administração da Renault e da Nissan com uma mente aberta, ansiosos para ouvir as idéias de como uma aliança entre nossas companhias funcionará com benefícios para todos nós", afirmou Rick Wagoner, presidente e executivo-chefe da GM, em comunicado.Wagoner liderará os esforços da montadora de Detroit nas negociações com a Renault e a Nissan - estas duas companhias têm como executivo-chefe o brasileiro Carlos Ghosn.Na semana passada, a Tracinda (holding do bilionário Kirk Kerkorian, um dos maiores acionistas individuais da GM), propôs que a montadora norte-americana entrasse na aliança da Renault com a Nissan. Em seu comunicado, a GM informou que continuará focada na reestruturação de suas operações na América do Norte. Por volta de 13h40, as ações da GM eram negociadas a US$ 28,89, com alta de 2,4%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.