Gol e TAM defendem solução rápida para malha aérea

As companhias TAM e Gol defenderam hoje uma solução rápida para a reestruturação da malha aérea no País. Os presidentes das duas empresas participaram hoje de almoço entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e empresários da cadeia de turismo e ouviram cobranças dos colegas de outros segmentos para que haja aumento de oferta de vôos e barateamento das passagens.O presidente da Gol, Constantino Oliveira Júnior, relatou, ao final do encontro, que se falou sobre a necessidade de mais equilíbrio entre oferta e procura de assentos. "O que queremos é condição de prestar um bom serviço e não temos tido condições neste momento", afirmou o empresário. O presidente da TAM, Marco Antonio Bologna, disse que a companhia espera resolver parte dos "gargalos" que estão atrapalhando a oferta de vôos com a chegada de novos aviões. Nenhum dos dois empresários quis comentar a disputa entre Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e a Justiça empresarial do Rio sobre a redistribuição das rotas e espaços da Varig entre as concorrentes. "Isso vai se resolver e acredito que se resolva rápido", resumiu Bologna.

Agencia Estado,

06 de setembro de 2006 | 18h36

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.