Governo alemão nega mudança de visão sobre a Grécia

Um porta-voz da chanceler Angela Merkel disse que a Alemanha não mudou sua visão sobre o abandono do euro por parte da Grécia. Em uma reportagem publicada neste sábado, o semanal alemão Der Spiegel citou que fontes do governo teriam indicado que Merkel e seu ministro das Finanças não acreditavam mais que seria muito arriscado para os membros da zona do euro se a Grécia abandonasse a moeda.

ASSOCIATED PRESS, Estadão Conteúdo

04 de janeiro de 2015 | 14h57

No entanto, o porta-voz Georg Streiter disse à Associated Press, em um comunicado enviado por email neste domingo: "Não há nenhuma mudança, é claro."

Ele também repetiu a posição de Berlim de que "o governo alemão espera que a Grécia continue a cumprir com suas obrigações contratuais perante a troika", formada pela União Europeia, pelo Banco Central Europeu e pelo Fundo Monetário Internacional.

Tudo o que sabemos sobre:
AlemanhaGréciaEuro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.