Governo vai retomar concessão de rodovias, diz Passos

O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, disse hoje que o presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, deseja dar prosseguimento ao processo de concessão de sete trechos de rodovias, que foi suspenso no mês passado pelo governo. As declarações foram dadas após Passos participar de reunião com o presidente Lula, e da qual também participaram a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, e o ministro interino da Fazenda, Bernard Appy.Segundo Passos, o presidente Lula quer que essas concessões sejam feitas com tarifas mais baixas para os pedágios do que os valores previstos no edital concluído em janeiro pela ANTT. A redução nos valores teto estabelecidos no edital para os pedágios deverá ser de, no mínimo, 20%. O ministro disse que o governo deverá alterar no edital as taxas de risco dos investidores, como o risco Brasil e o risco regulatório, que pesam no cálculo da tarifa. Além disso, segundo ele, serão incluídos nesse cálculo os impactos positivos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) na desoneração dos investimentos em infra-estrutura.Passos informou, ainda, que outra mudança no edital, que foi solicitada pelo presidente Lula, se refere aos custos operacionais das rodovias, que serão arcados pelos futuros concessionários. "Como os custos operacionais têm um peso importante no custo das concessões, o presidente Lula pediu esclarecimentos adicionais sobre eles."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.