Greve cancela metade dos voos da Lufthansa

A Lufthansa anunciou o cancelamento de quase metade dos voos por causa da greve dos pilotos da companhia. Do total de 2.800, 1.350 voos programados até a meia-noite de terça feira (horário local) foram cancelados, afetando 150 mil passageiros.

Estadão Conteúdo

01 Dezembro 2014 | 12h40

O pilotos não aceitam aumentar a idade de aposentadoria de 55 para 60 anos. A empresa cita a competição crescente para querer cortar custos. As discussões se arrastam há mais de dois anos e, segundo o sindicato da categoria, Vereinigung Cockpit, nenhum progresso foi feito desde outubro, quando ocorreu a última paralisação.

A greve se concentra principalmente nos voos europeus nesta segunda, mas deve se estender a voos mais longos na terça-feira. As outras empresas do grupo, Germanwings, Swiss, Austrian Airlines, Brussels Airlines e Air Dolomiti, não foram afetadas. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
AlemanhaLufthansagrevepilotos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.