HK fecha em alta com expectativa sobre juros nos EUA

A Bolsa de Hong Kong recuperou-se das perdas causadas pelo golpe de Estado na Tailândia e encerrou o dia em alta, diante da expectativa de que o Fed mantenha as atuais taxas de juros nos EUA em sua reunião de hoje. O índice Hang Seng avançou 0,96%. Na China, a Bolsa de Xangai encerrou o pregão com os índices apresentando resultados opostos. O Xangai Composto caiu 0,2%, e o Shenzhen Composto subiu 0,4%. Os papéis das grandes companhias tiveram queda, afetados pela previsão de que o Banco Industrial e Comercial da China (ICBC) fará brevemente a sua oferta inicial de ações, o que reduzirá a liquidez do mercado. O ICBC deve ser a primeira empresa a lançar ações simultaneamente na China e em Hong Kong, e a emissão pode alcançar US$ 19 bilhões, a maior já feita no mercado chinês. O yuan se valorizou frente ao dólar, beneficiando as ações das empresas aéreas, que têm dívidas denominadas na moeda norte-americana. Air China subiu 2,1% e China Southern Airlines ganhou 1,1%. No sistema automático de preços, o dólar fechou a 7,9258 yuans, ante 7,9348 yuans de ontem. Em Taiwan, o índice Taiwan Weighted da Bolsa de Taipé declinou 0,1%. As empresas de tecnologia lideraram as perdas. Taiwan Semiconductor Manufacturing caiu 1%. O setor de tecnologia também liderou as perdas da Bolsa de Seul, na Coréia do Sul, onde o índice Kospi recuou 0,6%. A Bolsa de Sydney, na Austrália, teve um dia nervoso, com os investidores preocupados com os dados sobre a economia dos EUA, o desempenho dos demais mercados asiáticos, a queda no preço das matérias-primas e o golpe na Tailândia. O índice S&P/ASX 200 chegou ao final do pregão com queda de 1,2%. As ações da mineradora BHP Billiton caíram 2%. O golpe de Estado na Tailândia serviu como pretexto para a realização de lucros na Bolsa de Manila, nas Filipinas. O índice PSE Composto fechou com queda de 2%. Philippine Long Distance Telephone perdeu 4,1%. Em queda também fecharam as Bolsas de Kuala Lumpur - Malásia (baixa de 0,33% do índice composto de 100 blue chips), Cingapura (Strait Times negativo em 0,27%) e Jacarta - Indonésia (JSX Composto caiu 0,41%). (As informações são da Dow Jones)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.