HK fecha em baixa de 0,13% à espera dos Fed Funds

Preocupações de que os dados-chave econômicos devem pressionar as ações no mercado norte-americano esta semana levaram para baixo as blue chips em Hong Kong. Analistas estão prevendo que o índice Hang Seng estará volátil esta semana, acompanhando a divulgação da taxa de juros dos EUA, que o Fomc fará na quarta-feira, e os indicadores sobre vendas de imóveis usados (também na quarta) e novos (na quinta-feira). Nesta segunda-feira, o Hang Seng fechou em queda de 0,13%, a 18.089,85 pontos. O mercado de Hong Kong espera ainda um grande volume de negócios na esteira do início da listagem do Banco Comercial e Industrial da China (ICBC, na sigla em inglês), no próximo dia 27. China Mobile teve modesta alta de 0,08%, o que indica a precaução dos investidores. Yue Yuen Industrial declinou 3,33%. As preocupações com o súbito aumento da oferta de ações provocaram queda no mercado acionário chinês nesta segunda-feira. Os temores foram gerados pelo fato de que um grande número de ações não negociáveis mudará de status esta semana e pela oferta inicial dos papéis do BICC, Banco Industrial e Comercial da China (ICBC, na sigla em inglês para Industrial and Commercial Bank of China). O Xangai Composto fechou em baixa de 1,7% e o Shenzhen Composto teve queda de 2,6%. ?Muitos investidores estão preocupados com a chegada dessas ações, pois acreditam que elas irão expandir a liquidez do mercado e desviar recursos dos papéis já existentes?, disse Tian Yi, estrategista da United Securities. Ele estima que cerca de 2,9 bilhões de ações anteriormente não negociáveis serão colocadas à venda a partir desta semana como parte do programa de reforma do mercado. China Minsheng Banking caiu 4,3%; Hua Xia Bank teve baixa de 4,1% e Shanghai Pudong Developmente Bank perdeu 3%. Já China Petroleum & Chemical subiu 2,7%. O yuan subiu e no fim do dia o dólar caía para 7,8994 yuans no sistema automático de preços, de 7,9022 yuans de sexta-feira. As expectativas de longo prazo de que a moeda local irá se apreciar e as vendas de fim de mês de dólar por parte dos exportadores sustentaram o yuan, disseram dealers. Mas o mercado espera o direcionamento da reunião do Federal Open Market Committee (Fomc), que termina na quarta-feira. A Bolsa de Taiwan encerrou estável hoje, com alta de 0,01%, e volume baixo. Os ganhos registrados pelo setor de construção foram ofuscados pela perdas no setor eletrônico. ?Os papéis do setor de construção vêm subindo em razão dos benefícios potenciais trazidos pela Taiwan High Speed Railway, que em breve começará a operar?, disse Edward Lien, trader da Fubon Securities. Ele afirmou também que os investidores estrangeiros trocaram as ações de tecnologia por papéis do setor de construção. O índice Kospi, da Bolsa sul-coreana, subiu 0,1% ou 0,71 ponto, fechando estável em razão das preocupações sobre as ambições nucleares da Coréia do Norte. Mas acredita-se que o mercado registrará alta no decorrer da semana se as bolsas norte-americanas continuarem a subir. A questão norte-coreana ofuscou as perspectivas positivas dos mercados globais, a expectativa de bons lucros das empresas locais e os ganhos do setor de construção em razão do novo plano de desenvolvimento de duas cidades nas proximidades da capital. ?O Kospi recuperou-se das fortes vendas realizadas por investidores estrangeiros e das perdas com papéis de TI. O bom desempenho dos mercados norte-americano e japonês também colaboraram com a alta?, disse Joseph Han, da Daewoo Securities. SK Corp, a principal refinaria do país, subiu 3,2%. A fabricantes de cigarros KT&G, que divulgou seus resultados hoje, teve alta de 1,1%. Já Kookmin Bank caiu 2,4%. Samsung Electronics registrou baixa de 1% e LG Philips LCD caiu 2,4%. Em Manila, o índice PSI Composto atingiu seu melhor nível em 9 anos, fechando aos 2.625,52 pontos, ou 0,3%. Esse resultado fez com que a Bolsa acumulasse ganhos de 3,2% nas últimas quatro sessões. Megaworld avançou 3,9%; Bank of Philippine Island subiu 2,6% e Philippine Long Distance Telephone caiu 0,2%. O mercado australiano registrou seu melhor resultado em cinco meses antes de fechar estável nesta segunda-feira. O índice S&P/ASX 200 fechou em baixa de 1,9 pontos, ou 0,04%, aos 5.333,5 pontos. Segundo dealers, o cenário é positivo com o mercado focalizando os ganhos nos EUA no período. ?O Dow Jones superou os 12 mil pontos, o petróleo caiu e os preços dos metais estão subindo?, disse David Halliday, diretor associado da Macquarie Equities. Commonwealth Bank of Austrália subiu 1,4%. BHP Billiton teve alta de 0,5%, apesar da queda dos preços do petróleo, embora Woodside Petroleum tenha registrado baixa de 2,2%. Suncorp-Metway foi a maior queda do mercado, com baixa de 5,7%. Promina subiu 1,9% e CSL teve aumento de 2,9%. Na Bolsa de Cingapura, o índice Strait Times fechou em alta de 0,19%. Não operaram as bolsas de Kuala LUmpur (Malásia), Bangkok (Tailândia) e de Jacarta (Indonésia). As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

23 de outubro de 2006 | 07h33

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.