HK sobe 0,2% com balanços de empresas da China

As ações de companhias chinesas puxaram a alta de 0,2% no índice Hang Seng da Bolsa de Hong Kong nesta terça-feira. Essas empresas estão divulgando resultados acima do esperado no terceiro trimestre. A China Petroleum & Chemical (Sinopec), maior refinaria de petróleo da Ásia, informou que seu lucro líquido aumentou 51,4% no terceiro trimestre, em comparação com o mesmo período do ano passado. As ações da companhia tiveram valorização de 5,1%. O índice Xangai Composto da Bolsa de Xangai, na China, também foi estimulado pelos balanços das grandes empresas e atingiu hoje seu maior total de pontos dos últimos cinco anos. O índice teve uma elevação de 1,6% e terminou com 1.837,99 pontos, o maior nível desde 13 de setembro de 2001. O índice Shenzhen Composto subiu 0,9%. Os papéis da Sinopec avançaram 6,3% na bolsa chinesa. Uma pequena recuperação do dólar no mercado internacional interrompeu a série de três sessões em que o yuan vinha alcançando máximas pós-revalorização. No final do dia, a moeda norte-americana era cotada a 7,8783 yuans no sistema automático de preços, contra 7,8734 yuans ontem. Na Bolsa de Seul, Coréia do Sul, o índice Kospi registrou alta de 0,6%, puxado principalmente pelas ações do Lotte Shopping e de outras empresas do comércio varejista. O Lotte Shopping, operador da maior loja de departamentos do país, anunciou que abrirá uma unidade em Pequim no primeiro semestre de 2008, numa joint venture com o China Yintai Group. As ações da empresa sul-coreana tiveram valorização de 2% e podem subir ainda mais nos próximos dias. Segundo os analistas, o Kospi também deve manter sua tendência de alta no curto prazo, ante a expectativa de dados econômicos dos EUA. Na Bolsa de Sydney, na Austrália, as ações de empresas ligadas à exploração de recursos minerais recuaram, após os fortes ganhos dos últimos dias. O índice S&P/ASX 200 baixou 0,3%, depois de ter atingido o recorde de pontos ontem. Segundo os operadores, porém, o setor de commodities minerais e algumas fusões de empresas devem manter a tendência de alta da bolsa. BHP Billiton caiu 2,3%, Rio Tinto perdeu 1,7% e Woodside Petroleum declinou 2,6% no pregão de hoje, acompanhando a queda nas cotações internacionais do cobre, do níquel e do petróleo. O índice PSE Composto da Bolsa de Manila, nas Filipinas, fechou o pregão praticamente estável, com alta de apenas 0,01%. Os ganhos foram concentrados em blue chips, como Metrobank, Ayala Land e Globe Telecom. Em Taiwan, o índice Taiwan Weighted teve alta de 0,37%. O índice composto de 100 blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur (Malásia) encerrou o pregão em alta de 0,23%. Na Bolsa de Cingapura, o índice Strait Times encerrou com alta de 0,38%. Na Bolsa de Jacarta, Indonésia, o JSX Composto subiu 0,15% ao final dos negócios. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.