HK sobe com demanda por papéis do setor imobiliário

A Bolsa de Hong Kong encerrou seus negócios hoje em alta, estimulada pelo aumento da procura por papéis do Tesouro dos EUA (e queda nos yields desses títulos), o que resultou na ampliação da procura por ações do setor imobiliário, tanto em Hong Kong quanto na China. O índice Hang Seng subiu 1,2%, após baixa de 1,4% ontem. BOC Hong Kong, a blue chip com maior ganho no dia, subiu 5,3%, enquanto HSBC Holdings teve alta de 0,9%. A Bolsa chinesa fechou em alta hoje, após baixas nos últimos três pregões, em razão do escândalo de corrupção envolvendo um alto membro do Partido Comunista de Xangai. Porém, os ganhos foram limitados pelas preocupações de que a oferta inicial de ações do Industrial & Comercial Bank of China irá desviar a liquidez do mercado. O Xangai Composto subiu 0,7% e o Shenzhen teve alta de 0,8%. ?Muitos traders esperam que o mercado caia com o lançamento dos papéis do ICBC, pois acreditam que haverá retirada de investimento de ações já negociadas?, disse Kang Haoping, analista da Jutian Securities. Mesmo assim, os papéis do setor subiram hoje. China Merchants Bank avançou 3,8% e China Minsheng Banking teve alta de 3,2%. O yuan subiu e no fim do dia o dólar caía para 7,9030 yuans no sistema automático de preços, de 7,9105 yuans de terça-feira. O índice Taiwan Weighted registrou aumento de 0,7%, liderado por empresas do setor de construção civil depois que o governo da cidade de Taipei permitiu a transferência para o setor privado de direitos de construção anteriormente reservados para uso público. ?A decisão do governo irá aumentar a oferta de terras e reduzir os custos para os construtores?, disse David Li, trader da Daiwa Securities. Goldsun Development & Construction teve aumento de 2,3% e Cathay Real Estate Development subiu 3,7%. Empresas proprietárias de grandes extensões de terras também registraram valorização de suas ações, como Tatung (+2,6%) e Chia Hsin Cement (+2,2%). Ações do setor bancário lideraram os ganhos na bolsa sul-coreana hoje com avaliações favoráveis desses papéis, para os quais há boas perspectivas. O índice Kospi registrou alta de 1,2%. Kookmin Bank avançou 3,9% e Hana Financial Group subiu 3,2%. Em Manila, o índice PSE Composto subiu 0,5%, sustentado pela alta em Wall Street e pela queda nos preços do petróleo. Os papéis da Philippine Long Distance Telephone Co. foram os mais negociados do pregão e tiveram alta de 0,7%, estimulados pela alta de 2,3% de seus ADRs ontem. Banco de Oro subiu 3,9%, estimulado pelo fato de que a fusão com o Equitable PCI Bank parece cada vez mais próxima. Filinvest Land, outro papel bastante negociado, avançou 11%. O mercado australiano registrou alta nesta quarta-feira, estimulado pelos ganhos em Wall Street e pelas informações de que a Vision Systems pretende comprar a Australian Pharmaceutical Industries. O índice S&P/ASX 200 subiu 2,1%. Os papéis da Australian Pharmaceutical subiram 19% depois da confirmação de aumento de 10% da oferta da oferta da Vision. Na Bolsa de Kuala Lumpur (Malásia), o índice composto de 100 blue chips encerrou o pregão em outra alta modesta, de 0,07%. Na Bolsa de Cingapura, o índice Strait Times fechou com ganho de 1,26%. Na Bolsa de Jacarta (Indonésia), o JSX Composto valorizou-se 1,53%.

Agencia Estado,

27 de setembro de 2006 | 07h11

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.