Hong Kong recua 0,2% com mudança em portfólios

A Bolsa de Hong Kong fechou com leve baixa, causada principalmente pela reestruturação do portfólio de alguns fundos atrelados ao índice Hang Seng. Esses fundos tiveram de incluir em suas carteiras as ações da China Life e do Banco Comercial e Industrial da China (ICBC, na sigla em inglês), que passarão a fazer parte do Hang Seng na segunda-feira. O índice fechou com baixa de 0,2%, aos 19.134,88 pontos. China Life subiu 0,5%, ICBC avançou 0,2% e HSBC teve alta de 0,1%. China Mobile caiu 1,7%. A Bolsa de Taipei, em Taiwan, encerrou praticamente estável, com algumas realizações de lucros no setor de tecnologia. O índice Taiwan Weighted recuou 0,07% e somou 7.568,20 pontos. Hon Hai Precision Industry baixou 2,1%, Advanced Semiconductor Engineering declinou 0,3%, TSMC subiu 0,9% e UMC avançou 0,3%. A Bolsa de Seul, na Coréia do Sul, também fechou quase estável. O índice Kospi perdeu apenas 0,02%, para 1.423,38 pontos. Houve baixas nas ações de bancos e estaleiros, mas as perdas foram compensadas pelos fortes ganhos no setor de transportes. Korean Air Rose subiu 4% e Hanjin Shipping saltou 7,8%. A Bolsa de Sydney, na Austrália, terminou o pregão com leve alta. O índice S&P/ASX 200 avançou apenas 0,1%, para 5.830,20 pontos. A cautela dos investidores ante os dados sobre o mercado de trabalho dos EUA, que serão divulgados hoje, ajudou a enfraquecer o volume de negócios. BHP Billiton avançou 0,2%, Rio Tinto caiu 0,7% e Woodside Petroleum recuou 0,5%. As ações da companhia aérea Qantas caíram 1,3%, diante do receio de que a oferta de compra feita pela Airline Partners não consiga a aceitação mínima de 90% dos acionistas. Nas Filipinas, a divulgação de um aumento acima do esperado nas exportações de janeiro impulsionou a Bolsa de Manila. O índice PSE Composto subiu 2,4%, para 3.099,82 pontos. O governo anunciou que as exportações em janeiro aumentaram 27,3% em relação ao mesmo mês do ano passado, o maior crescimento mensal dos últimos sete anos. Philippine Long Distance subiu 2,6%, Manila Electric B avançou 4,4% e PNOC-Energy Development teve alta de 3,6%. A realização de lucros após a alta de 4% das últimas três sessões levou a Bolsa de Jacarta, na Indonésia, a encerrar este pregão em baixa. O índice JSX Composto recuou 0,4%, aos 1.764,58 pontos. Telkom perdeu 1,1% e Bank Danamon caiu 1,7%. O mercado tailandês fechou estável, com o índice SET da Bolsa de Bagcoc recuando 0,1%, aos 671,17 pontos, em um dia de fracos negócios após as declarações do novo ministro de Finanças do país. Chalongphob Sussangkarn disse que reduzirá os projetos de transporte público para diminuir a carga fiscal, o que levou a cotação da construtora Sino-Thai Engineering & Construction a cair 2,7%. Outro papel de peso no índice, Precious Shipping desabou 4,1%, mas sua rival Thoresen Thai Agencies subiu 0,9%. Na Malásia, o índice composto de 100 blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur subiu 0,15%, aos 1.188,83 pontos e, na Bolsa de Cingapura, o índice Strait Times avançou 0,68%, para 3.143,71 pontos. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.