Hong Kong tem leve alta; imobiliárias caem

O índice Hang Seng da Bolsa de Hong Kong teve leve alta hoje, de 0,02%. Analistas disseram que o mercado está no aguardo da estréia dos papéis do BCIC - Banco Comercial e Industrial da China (ICBC, na sigla em inglês) na bolsa nesta sexta-feira. Também há expectativa quanto à decisão do Federal Open Market Committee (Fomc) do Federal Reserve (banco central dos EUA) quanto à taxa de juro dos EUA, a ser decidida hoje. Os investidores não esperam que o Fomc reduza a taxa. A aparente paralisação do mercado também se deve ao fato de que a menos de um mês haverá leilão de terras em Hong Kong. Empresas imobiliárias tiveram desempenho ruim no pregão desta quarta-feira. Cheung Kong caiu 0,5%; Hang Lung Properties, 1,8%, e Sun Hung Kai Properties, 0,2%. As ações do setor bancário acumularam mais ganhos nesta quarta-feira em Xangai, em razão do otimismo sobre os resultados do setor. Apesar disso, o Xangai Composto fechou estável, em alta de 0,1% (1.806,65 pontos) com realização de lucros de empresas altamente capitalizadas e a queda das ações de refinarias, em razão da alta do petróleo. O Shenzhen Composto subiu 0,03%. A maior parte dos bancos registrou aumento de mais de 40% no preço de suas ações desde que anunciaram grandes lucros no primeiro semestre, no início de agosto. Shanghai Pudong Development Bank teve alta de 5,1% e China Minsheng Banking avançou 1,2%. Shanghai Automotive caiu 1,3% e Dawin Railway teve baixa de 0,8%. Shanghai Petrochemical caiu 5% e Yizhdeng Chemical Fibre perdeu 2,7%. O yuan subiu e no fim do dia o dólar caía para 7,8980 yuans no sistema automático de preços, de 7,9020 yuans de terça-feira. Expectativas de que o Fomc vá manter a estabilidade das taxas básicas de juros impulsionou o yuan hoje, o que pode colocar um fim a sua recente consolidação. O mercado taiwanês registrou baixa nesta quarta-feira, num pregão com baixo volume financeiro, na expectativa da divulgação das perspectivas de resultados de grandes empresas de tecnologia, prevista para acontecer após o final dos negócios. O índice Taiwan Weighted fechou em baixa de 0,53%. ?As pessoas também se tornaram mais conservadoras em razão das quedas em outros mercados asiáticos hoje?, disse o analista Daniel Tseng, da Fubon Securities Investment Services. Mas as grandes responsáveis pelo declínio foram empresas de setores não ligados à tecnologia: o índice da construção civil caiu 1,9% e o do setor têxtil teve baixa de 3,2%. Em Seul, o índice Kospi subiu 0,4%, com baixo volume de transações. Segundo Kim Joo-Hyeong, do Tong Yang Investment Bank, ?a alta do Dow Jones (ontem) serviu de guia, mas não houve compras suficientes para elevar o mercado?. Dentre as ações mais negociadas, GS Engineering & Construction, subiu 4,3%, e Posco avançou 2,1%. A Bolsa filipina encerrou em alta hoje, liderada pelos papéis da Philippine Long Distance Telephone (PLDT), cujas ações registraram aumento de 0,2%, seguindo o bom desempenho dos ADR?s da empresa ontem e a expectativa de bons resultados no terceiro trimestre. O índice PSE Composto subiu 2%, fechando em 2.678,72 pontos. Megaworld avançou 3,7% em razão das boas perspectivas para o setor e dos projetos da empresa. Bank of Philippine Islands teve aumento de 5%, provavelmente em razão das expectativas sobre os lucros no período. Os fortes ganhos de mineradoras, um grande aumento nos papéis do ANZ Bank - antes da divulgação de seus resultados, amanhã - e da Telstra fizeram o mercado australiano registra alta nesta quarta-feira, embora os investidores aguardem o resultado da reunião do Federal Open Market Committee (Fomc) do Federal Reserve (banco central americano), que termina hoje. O índice S&P/ASX 200 subiu 35,2 pontos, ou 0,7%, para 5.352,3 pontos. BHP Billiton teve alta de 1,5% e Rio Tinto avançou 2,4%. ?Há muito dinheiro, muitas especulações sobre fusões e aquisições e muitos dividendos provenientes de bancos nas próximas duas semanas?, disse Charlie Aitken, diretor da Southern Cross Equities. Rumores de que a Oxiana seria alvo de compra fez com que suas ações registrassem alta de 10%. Zinifex, que também pode ser adquirida, avançou 5%. Telstra subiu 1,4% e ANZ registrou aumento de 1%, liderando os papéis do setor bancário. Flight Centre disparou 23%, depois de uma oferta de compra. Na Bolsa de Cingapura, o índice Strait Times encerrou o pregão em alta de 0,86%. As Bolsas da Indonésia, da Malásia e da Índia não abriram hoje porque é feriado nesses países. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

25 de outubro de 2006 | 07h40

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.