Hong Kong tem o melhor resultado em seis anos

A Bolsa de Hong Kong registrou hoje seu melhor resultado em seis anos. Analistas acreditam que a decisão do Fomc Reserve de não alterar a taxa de juros dos EUA possa resultar em um fluxo de recursos para a Ásia. O índice Hang Seng fechou em alta de 1,77%, aos 17.349,99 pontos. O mercado chinês registrou ligeira queda em razão da indecisão do órgão regulador sobre o ritmo das ofertas públicas iniciais previstas. O Xangai Composto caiu 0,1% e o Shenzhen Composto registrou baixa de 0,2%. ?Os investidores estão relutantes em fazer investimentos porque ainda não está claro se o corte na oferta inicial da Air China é um caso isolado ou se é uma tendência no mercado?, disse Zhuang Qianhua, analista da Huatai Securities. O yuan caiu e no fim do dia o dólar subia para 7,9764 no sistema automático de preços, de 7,9710 de terça-feira. Taiwan fechou em alta liderada, por papéis de empresas do setor eletrônico. Os investidores dirigiram suas atenções para as perspectivas de exportação do país, depois que o Federal Reserve decidiu manter a taxa básica de juros. O Taiwan Weighted subiu 1,1%. A Bolsa sul-coreana registrou ligeira alta. O índice Kospi subiu 0,3%, recuperando as perdas no início do pregão, na medida em que investidores estrangeiros realizaram compras no mercado futuro e diminuíram as preocupações sobre a alta da taxa de juros. ?Na medida em que as preocupações sobre os juros desapareceram, o foco dos investidores deve se voltar para os ganhos corporativos no segundo semestre e o movimento da moeda?, disse Kim Young-Gal, analista da Hyundai Securities. O índice PSE Composto, da Bolsa filipina, caiu 0,8% nesta quarta-feira, principalmente por causa dos resultados da Philippine Long Distance Telephone Co. (PLDT), que ficaram abaixo do esperado. As ações da PLDT, a maior empresa de telecomunicações do país, caíram 3% depois de a empresa divulgar uma queda de 7,9% no lucro bruto do segundo trimestre. As da Global Equities subiram 9,8%. Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 registrou queda de 1,3%. Rio Tinto, Woodside Petroleum e Alumina foram responsáveis por mais de um quarto das perdas. Na Malásia, o índice composto de 100 blue chips fechou em alta de 0,23% e, em Jacarta (Indonésia), o JSX Composto encerrou em alta de 1,22%. A bolsa de Cingapura não funcionou devido a feriado local. (As informações são da Dow Jones).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.