Horário de verão acaba na Europa; mercados mudam

A Europa sai do horário de verão neste domingo, 27, atrasando seus relógios em uma hora. Londres e Lisboa passarão a ficar no horário de referência GMT e duas horas à frente de Brasília; Madri, Paris, Berlim, Frankfurt, Zurique, Roma e Milão ficarão uma hora à frente do horário GMT e três horas à frente de Brasília; Atenas ficará duas horas à frente do horário GMT e quatro horas à frente de Brasília.

RENATO MARTINS, Agencia Estado

25 de outubro de 2013 | 17h45

Com isso, a Bolsa de Londres passa a operar das 6h (de Brasília) às 14h30 (de Brasília).

A Bolsa de Frankfurt passa a operar das 6h (de Brasília) às 14h30 (de Brasília).

A Bolsa de Paris passa a operar das 6h (de Brasília) às 14h30 (de Brasília).

A Bolsa de Zurique passa a operar das 6h (de Brasília) às 14h30 (de Brasília).

A Bolsa de Madri passa a operar das 6h (de Brasília) às 14h30 (de Brasília).

A Bolsa de Milão passa a operar das 6h (de Brasília) às 14h25 (de Brasília).

A Bolsa de Lisboa passa a operar das 6h (de Brasília) às 14h30 (de Brasília).

A Bolsa de Atenas passa a operar das 6h (de Brasília) às 14h20 (de Brasília).

A Europa voltará a entrar em horário de verão em 30 de março de 2014.

Também neste domingo, o México sai do horário de verão, atrasando seus relógios em uma hora. Com isso, a Cidade do México passará a estar seis horas atrás do horário de referência GMT e quatro horas atrás do horário de Brasília. A Bolsa do México passará a operar das 12h30 às 19h (de Brasília). O México voltará a entrar em horário de verão em 6 de abril de 2014.

Mais informações podem ser obtidas aqui.

Tudo o que sabemos sobre:
horário de verãoEuropaMéxico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.