Iberia fecha acordo para cortar 1.427 empregos

O acordo permitirá que a unidade espanhola continue com seu plano de introduzir mudanças estruturais permanentes

Agência Estado

24 de julho de 2014 | 13h53

O International Consolidated Airlines Group afirmou hoje que sua divisão Iberia alcançou um acordo com sindicatos trabalhistas, que resultará na perda de 1.427 empregos entre pilotos e funcionários de aeroportos.

O acordo permitirá que a unidade espanhola, com lucros decepcionantes, continue com seu plano de introduzir mudanças estruturais permanentes para reduzir custos e aumentar a lucratividade.

O IAG, que também é dono da British Airways, alcançou um acordo que cobre mais da metade dos funcionários da Iberia e inclui um entendimento anterior de reduzir os salários dos funcionários de aeroportos em 7%. A redução continuará em vigor até o fim de 2015, quando qualquer aumento será ligado à lucratividade da companhia. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EspanhaIberiademissões

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.