IBovespa abre em alta de 0,14%, aos 35.245 pontos

O índice Bovespa, da Bolsa de Valores de São Paulo, tentou se levantar do tombo de ontem, de 1,92%, mas inverteu o movimento de recuperação logo em seguida. Nos primeiros negócios, o indicador apresentava alta de 0,14%, aos 35.245 pontos. Aos 15 minutos de negócios, no entanto, o índice apresentava desvalorização de 0,44%, aos 35.040 pontos. Segundo analistas, o cenário não inspira novas compras e há certa cautela com o eventual noticiário do final de semana. Depois da forte queda do preço do petróleo ontem, que prejudicou as ações da Petrobras e puxou o índice Bovespa para baixo, a cotação do barril é negociada com sutil recuperação nas transações eletrônicas de hoje. "Ao menor boato, o mercado deve acionar o gatilho de venda", comentou um operador. Os investidores reagem mal ao escândalo do dossiê Vedoin pelas conseqüências que essa crise pode ter após as eleições presidenciais. Há o receio de que as tensões políticas dificultem a relação do presidente Lula, num eventual segundo mandato, com o Congresso. Embora ontem a Bovespa tenha se descolado de Nova York, analistas acham que se o desempenho do mercado internacional for muito bom hoje pode dar suporte à tentativa de recuperação da Bolsa e amenizar um pouco os efeitos da crise política no mercado de ações.

Agencia Estado,

21 de setembro de 2006 | 10h19

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.