Ibovespa abre em baixa; vencimentos devem causar oscilação

A Bolsa de Valores de São Paulo abriu em leve baixa hoje, mas a percepção é de que tem espaço para dar continuidade aos ganhos das últimas semanas (o ambiente externo segue favorável). Entretanto, o índice Ibovespa ultrapassou na semana passada uma resistência considerada importante, de 38.700 pontos, e pode passar por uma realização de lucros no curto prazo. Mas isso, segundo especialistas, não alteraria a trajetória positiva do mercado brasileiro de ações que acumulou na semana passada ganho de 2,4%, elevando para 6,5% a valorização neste mês de outubro. Às 10h17, o Ibovespa operava estável a 38.850 pontos. Os analistas estão confiantes de que a Bolsa paulista vai buscar em breve os 40 mil pontos. O bom momento vivido pelas bolsas nos EUA e na Europa tem dado suporte à recuperação da Bovespa, assim como a volta dos investidores estrangeiros. Nos dez primeiros dias deste mês, o saldo de capital externo está positivo em R$ 516,531 milhões. Contribui para esse sentimento mais favorável, a expectativa de um novo corte de 0,50 ponto porcentual na taxa Selic na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) desta semana. No entanto, o vencimento de opções sobre ações hoje e o vencimento de índice futuro na quarta-feira podem deixar o mercado mais volátil.

Agencia Estado,

16 de outubro de 2006 | 10h19

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.