Ibovespa aprofunda queda; dólar vira e fecha a R$ 1,822

Colaboravam para a virada do índice a movimentação das blue chips Petrobrás e Vale; bolsas de NY também acentuavam as perdas

Agência Estado,

18 de maio de 2010 | 12h30

Após uma abertura em alta, num dia em que aparentemente teria razões para permanecer no terreno positivo, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) virou nesta manhã e passou a operar em baixa. Às 16h32, o índice Bovespa (Ibovespa) cedia 3,18%, aos 60.868 pontos. Na máxima no pregão de hoje, chegou a apurar alta de 1,05%, aos 63.529 pontos, enquanto na mínima recuou 3,27%, a 60.810 pontos.

Colaboravam para a virada do índice a movimentação das blue chips Petrobrás e Vale. No horário citado, os papéis da estatal petrolífera tinham queda de 2,08% nas ações ordinárias (ON) e de 1,91% nas preferenciais (PN). Já as ações ON da Vale cediam 3,24%, enquanto as PNA caíam 3,63%.

No exterior, as Bolsas de Nova York operavam em queda. Nasdaq recuava 1,81%, enquanto Dow Jones caía 1,29% e S&P 500 cedia 1,70%. Na Europa, o mercado fechou em alta.

No mercado interbancário de câmbio, o dólar comercial reduziu as perdas ante o real e passou a subir, fechando em alta de 0,66%, a R$ 1,822. 

(Texto atualizado às 16h35)

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasBovespadólar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.