Ibovespa cai 2,06% e dólar sobe com tensão externa

O Ibovespa à vista, o principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) ampliou as perdas no final da manhã. Às 11h53, o índice registrava queda de 2,06% a 34.536 pontos. As ações preferenciais da Petrobras lideram a baixa do Ibovespa, com desvalorização de 4,32%. O volume financeiro está em R$ 854 milhões, projetando para o final do pregão movimento de R$ 3,11 bilhões. A Bovespa acompanha o desempenho negativo do cenário internacional, com as principais bolsas em queda, motivada pela tensão com a perspectiva de as taxas de juro subirem nos EUA, acompanhada da elevação de 0,25 ponto percentual no juro europeu e das inesperadas elevações de juro na Coréia do Sul, na Índia e na África do Sul. No mercado de câmbio, o dólar comercial subia 1,34%, a R$ 2,270 às 11h54. No pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), a moeda à vista avançava 1,25%, cotada a R$ 2,271.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.