Ibovespa tenta avançar, mas vencimentos limitam alta

A Bolsa de Valores de São Paulo tenta manter a tendência do fechamento de ontem e situar-se em território positivo hoje. Porém, as operações em torno do vencimento de índice futuro, da próxima quarta-feira, seguram o Ibovespa à vista, principal índice de ações. Às 12h38, o Ibovespa subia 0,42%, a 35.585 pontos - na máxima até este horário, subiu 2,10%. O giro financeiro é de R$ 831 milhões, com projeção de movimento de negócios de R$ 2 bilhões até o final do pregão. As movimentações para o exercício tendem a ser um pouco antecipadas por que a Bovespa funciona por duas horas a menos na terça-feira, dia de jogo da seleção brasileira na Copa do Mundo de futebol. Além disso, quinta-feira é feriado no Brasil, com mercados fechados, e segunda (dia 19) é dia de vencimento de opções sobre ações. Bastante próximos durante toda a manhã, por alguns momentos o índice futuro ficou abaixo do à vista. Na abertura, bancos e as blue chips, que sofreram muito ontem apresentavam as altas mais expressivas, mas as oscilações estão mais comedidas. Petrobras PN lidera os giros financeiros, com R$ 131 milhões, e queda de 0,84%. Vale PNA negocia R$ 68 milhões e sobe 0,65%.

Agencia Estado,

09 de junho de 2006 | 12h43

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.