Ibovespa vira, fecha em alta e novo recorde de pontos

A Bovespa teve uma sessão bastante volátil nesta terça-feira, mas chegou ao final do pregão em nova máxima histórica de pontos: 38.382,8 (+0,37%). O volume financeiro foi de R$ 3,03 bilhões, com o registro de 88.942 negócios. A maior parte do dia os investidores ficaram na expectativa da decisão do Fed (banco central dos EUA) sobre os juros. A previsão se confirmou e às 17h15 o Fed anunciou a elevação de 0,25 ponto percentual, para 4,5%. A Bovespa e as bolsas de NY reagiram com queda das ações ao anúncio do Fed, que sinalizou novos aumentos de juros no futuro. Mas nos últimos minutos de pregão, ainda na contabilização dos negócios após a sessão, o índice Ibovespa à vista saiu do negativo e sustentado principalmente pelo forte volume de negócios fechou em alta recorde de pontos. O recorde anterior do Ibovespa havia sido estabelecido ontem, a 38.242 pontos, quando teve ganho de 1,11% no dia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.