Independência capta US$ 150 milhões em emissão de eurobônus

Dívida total do Independência soma aproximadamente R$ 3 bilhões

Tatiana Freitas, da Agência Estado,

29 de março de 2010 | 12h08

O frigorífico Independência fechou, na semana passada, a emissão de US$ 150 milhões em

eurobônus no mercado internacional. Os títulos têm vencimento de cinco anos e retorno ao investidor (yield) de 18% ao ano, segundo fonte ligada à empresa. Ainda hoje, a companhia promove reunião com os credores financeiros para aprovação de algumas condições para que o dinheiro, depositado em uma conta no exterior, seja liberado para o Independência. A operação foi estruturada pela norte-americana BTIG, especializada na venda de ativos de companhias em dificuldades.

 

Os recursos devem ser utilizados para o pagamento de pecuaristas e outros fornecedores e capital de giro, tornando viável a continuidade do plano de recuperação judicial da empresa. O Independência pretende colocar em operação sete unidades que estão fechadas. Atualmente, a empresa mantém cinco unidades em operação - duas delas de abate de bovinos.

 

O frigorífico decidiu fazer uma nova emissão de dívida em dezembro do ano passado para o pagamento de R$ 100 mil a pecuaristas com vencimento em 31 de janeiro. A empresa pediu adiamento do prazo, que agora expira em 31 de março.

 

Procurado, o Departamento de Relações com Investidores do Independência informou que não poderia se pronunciar porque a empresa está em período de silêncio por conta da operação.

 

A dívida total do Independência soma aproximadamente R$ 3 bilhões. A empresa apresentou o pedido de recuperação judicial em fevereiro do ano passado. O plano de recuperação foi aprovado em novembro de 2009.

Tudo o que sabemos sobre:
Independênciafrigoríficoeurobônus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.