Índice da Bolsa de Nova York tem 2ª maior alta do ano

O mercado norte-americano de ações fechou em alta forte, em reação a declarações do presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), Ben Bernanke. O mercado também reagiu positivamente a informes de resultados de empresas importantes. O índice Dow Jones teve sua segunda maior alta em pontos do ano (ele havia subido 217 pontos no dia 29 de junho, data da última reunião do Fed). O Standard & Poor's-500 voltou a acumular alta em 2006 (+0,92%). Em depoimento no Senado dos EUA, Bernanke disse que uma desaceleração econômica "parece estar em andamento" e que isso "deve ajudar a limitar as pressões inflacionárias ao longo do tempo". Para Phil Orlando, da Federated Investors, os investidores tiveram um incentivo forte para comprar "porque sua percepção, depois das declarações de Bernanke, é de que o Fed está próximo de concluir o ciclo de elevações das taxas de juro". As ações do banco JP Morgan, que divulgou informe de resultados do segundo trimestre, subiram 5,75%. As da IBM, que havia divulgado resultados ontem depois do fechamento, avançaram 2,44%. Também divulgaram resultados General Dynamics (-0,53%), Bank of America (+3,1%), Bank of New York (+7,1%), Abbott Labs (+3,53%), Southwest Airlines (+8,2%), Unisys (-15,77%) e Yahoo (-21,84%). Entre as ações de empresas que divulgariam resultados depois do fechamento, os destaques foram Intel (+1,54%), Apple Computer (+2,27%), Qualcomm (-1,79%), Novellus Systems (+3,60%) e eBay (-2,48%). As empresas que divulgarão balanços amanhã são Microsoft, Honeywell International, Pfizer, AMD, Broadcom, Continental Airlines, Cypress Semiconductor, DR Horton, Dow Jones & Co., Fairchild Semiconductor, Ford Motor, Google, Hershey, ImClone Systems, Johnson Controls, PMC-Sierra, Safeway, VeriSign, Wachovia e Zions Bancorp. O índice Dow Jones fechou em alta de 212,19 pontos (1,96%), em 11.011,42 pontos. A mínima foi em 10.797,39 pontos e a máxima em 11.036,24 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 37,49 pontos (1,83%), em 2.080,71 pontos, com mínima em 2.037,10 pontos e máxima em 2,086,07 pontos. O Standard & Poor's-500 subiu 22,95 pontos (1,86%), em 1.259,81 pontos. O Nyse Composite avançou 178,29 pontos (2,26%), para 8.076,65 pontos. O volume negociado na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse, na sigla em inglês) alcançou 1,872 bilhão de ações, de 1,730 bilhão ontem; 2.924 ações subiram, 459 caíram e 108 fecharam nos mesmos níveis de ontem. No Nasdaq, o volume alcançou 2,364 bilhões de ações negociadas, de 2,052 bilhões ontem, com 2.338 ações fechando em alta e 697 em queda. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.