Índice DJ Brazil Titans 20 de ADRs cai 1,25%

A maioria dos ADRs brasileiros negociados em Nova York fechou em baixa nesta sexta-feira, acompanhando as bolsas norte-americanas, influenciadas pelo rebaixamento do rating soberano da Espanha pela agência de classificação Fitch. O índice Dow Jones Brazil Titans 20 recuou 375,84 pontos, ou 1,25%, para 29.675,24 pontos.

Álvaro Campos, da Agência Estado,

28 de maio de 2010 | 18h07

Um dos recibos que teve maior queda foi o do banco Santander, que fechou em baixa de 4,58%, a US$ 10,42. A Fibria Celulose perdeu 3,74%, a US$ 15,96. A Vivo Participações recuou 3,36%, para US$ 27,32. A Embraer teve retração de 2,94%, para US$ 21,78. A TAM caiu 2,60%, para US$ 13,49.

Alguns papéis, porém, ficaram no positivo. A Brasil Telecom subiu 4,09%, para US$ 8,14. A Ambev ON teve alta 0,86%, para US$ 82,50; enquanto a Ambev PN perdeu 1,10%, a US$ 96,34. A Braskem registrou ganho de 0,51%, para US$ 11,74. As ações do Pão de Açúcar tiveram alta de 0,86%, a US$ 62,51.

No grupo daqueles recibos que mais pesam na composição do índice, a Petrobras ON subiu 0,31%, para US$ 35,62; já as ações PN da empresa tiveram alta de 0,62%, a US$ 30,97. A Vale ON caiu 1,31%, a US$ 27,19; do outro lado, a Vale PN teve queda de 0,95%, a US$ 23,05. O Itaú Unibanco perdeu 1,07%, a US$ 18,41.

O índice Dow Jones Brazil Titans inclui as 20 ações de empresas brasileiras de maior liquidez e capitalização de mercado negociadas na bolsa norte-americana. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
açõesbolsaADRDow Jones

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.