Índice Dow Jones se aproxima do recorde em NY

Os principais índices de ações do mercado norte-americano oscilam perto das máximas em Nova York, com o Dow Jones se aproximando de sua marca recorde, ajudados pelo recuo dos preços do petróleo e melhora acima das expectativas do índice de confiança do consumidor, que reduziram as preocupações sobre uma desaceleração econômica mais acentuada, segundo operadores e analistas. O índice S&P-500 oscila em nova máxima em cinco anos e meio, enquanto o Dow Jones se aproxima da máxima histórica de 11.722,98 pontos registrada em 14 de janeiro de 2000. O melhor fechamento do Dow Jones no ano é de 11.642 pontos. O Dow Jones é impulsionado pelos ganhos das blue chips (empresas com ações de primeira linha) Caterpillar, que sobe 2,21%, Boeing, em alta de 1,57%, GM, que avança 3,01%, Exxon, com alta de 1,95%, e 3M, que registra valorização de 1,13%. Às 16h33 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 90 pontos, ou 0,78%, e marcava 11.666,50 pontos. No mesmo horário, o Nasdaq avançava 10 pontos, ou 0,47%, e o S&P-500 registrava uma alta de 9 pontos, ou 0,74%. A Conference Board informou pela manhã que seu índice de confiança do consumidor subiu para 104,5 em setembro, de 100,2 em agosto e de uma expectativa de 104,00 dos analistas. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

26 de setembro de 2006 | 16h45

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.