Índice que avalia o consumidor dos EUA pode influenciar mercado

São Paulo, 18 de agosto - Em dia de agenda fraca, tanto no exterior quanto no Brasil, os mercados voltam-se hoje para o índice de sentimento do consumidor norte-americano. O índice pode apontar se a inflação continuará a ser um problema nos EUA, o que afetaria a política do Banco Central de lá para a taxa de juros do país. No Brasil, o foco hoje também é a inflação, com a divulgação de dois indicadores preliminares do mês de agosto. EUA/Consumidor - Às 10h45, a Universidade de Michigan divulga o índice de sentimento do consumidor preliminar de agosto. Em julho, o índice ficou em 84,7. FGV/IGP-10 - A Fundação Getúlio Vargas (FGV) apresenta o valor de agosto do Índice Geral de Preços - 10. No período anterior, o índice mostrou alta de 0,39%. Fipe/IPC - A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicos (Fipe) divulga o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da segunda quadrissemana de agosto. No período anterior, houve inflação de 0,25%.

Agencia Estado,

18 de agosto de 2006 | 07h00

Tudo o que sabemos sobre:
agenda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.