Índice S&P-500, de NY, tem o melhor 3º tri desde 1997

O mercado norte-americano de ações fechou em queda, depois de quatro pregões consecutivos de altas. Durante o pregão, o índice Dow Jones voltou a superar seu recorde histórico de fechamento, de 11.722,98 pontos, estabelecido em 14 de janeiro de 2000. Operadores disseram que o mercado mostrou hesitação hoje; mesmo assim, o Dow Jones teve seu melhor terceiro trimestre desde 1995 e o S&P-500, o melhor terceiro trimestre desde 1997. "Houve um número significativo de indicadores econômicos importantes hoje, além de declarações de dirigentes do Fed (Federal Reserve, banco central dos EUA), e isso causou alguma incerteza, que levou os índices a recuarem", comentou Kevin Beadles, da Wedbush Morgan Securities. Ações Entre os destaques do pregão estava Research in Motion, do setor de tecnologia, com alta de 19%, depois de a empresa divulgar resultados e elevar suas previsões de lucro. Entre as componentes do Dow Jones, o destaque foi Hewlett-Packard, com alta de 2,00%, depois de o executivo-chefe da empresa depor a um comitê do Congresso sobre as táticas de espionagem usadas pela diretoria da HP para investigar vazamentos de informações. As ações da Dell recuaram 0,57%, depois de a empresa anunciar um novo recall de laptops que usam baterias Sony. No setor automotivo, as ações da Ford caíram 0,86%, depois de a empresa anunciar que demitirá um quarto dos funcionários da Ford Credit, para cortar custos. Índices O índice Dow Jones fechou em queda de 39,38 pontos, ou 0,34%, em 11.679,07 pontos (mínima do dia); a máxima foi em 11.741,67 pontos. O Nasdaq encerrou em baixa de 11,59 pontos, ou 0,51%, em 2.258,43 pontos, com mínima em 2.257,98 pontos e máxima em 2.273,30 pontos. O Standard & Poor's-500 caiu 3,30 pontos, ou 0,25%, para 1.335,85 pontos. O Nyse Compositem, que reúne todas as ações negociadas na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse), recuou 21,03 pontos, ou 0,25%, para 8.469,65 pontos. O volume negociado na Nyse ficou em 1,472 bilhão de ações, de 1,497 bilhão ontem; 1.340 ações subiram, 1.968 caíram e 149 fecharam nos mesmos níveis de ontem. No Nasdaq, o volume alcançou 1,863 bilhão de ações negociadas, de 1,832 bilhão ontem, com 1.244 ações fechando em alta e 1.791 em queda. Na semana, o Dow Jones acumulou uma alta de 1,49%, o Nasdaq, um avanço de 1,78%, e o S&P-500, um ganho de 1,60%. O Dow Jones acumulou uma alta de 2,62% em setembro e um ganho de 4,74% no terceiro trimestre; desde o começo de 2006, ele acumula uma alta de 8,97%. O Nasdaq subiu 3,42% em setembro, com avanço de 3,97% no terceiro trimestre; em 2006, ele acumula um ganho de 2,41%. O S&P-500 subiu 2,46% em setembro e avançou 5,17% no terceiro trimestre, acumulando um ganho de 7,01% desde o início do ano. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

29 de setembro de 2006 | 19h13

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.