Índices futuros sugerem abertura em alta de bolsas de NY

Os índices futuros das bolsas de Nova York operam em baixa, sugerindo uma abertura negativa dos mercados à vista nesta segunda-feira, 08. Em dia sem indicadores ou eventos relevantes nos Estados Unidos, os investidores poderão aproveitar para realizar lucros após os avanços vistos na última sessão. Às 10h20 (de Brasília), no mercado futuro, o Dow Jones caía 0,15%, enquanto o Nasdaq tinha ligeira queda de 0,02% e o S&P 500 recuava 0,12%.

SERGIO CALDAS, COM INFORMAÇÕES DA DOW JONES NEWSWIRES, Estadão Conteúdo

08 de setembro de 2014 | 10h42

Na sexta-feira, 05, as bolsas norte-americanas subiram, com o S&P 500 fechando em novo nível recorde, após dados fracos do mercado de trabalho dos EUA alimentarem a esperança de que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) não terá pressa para começar a elevar juros. Em agosto, os EUA criaram apenas 142 mil empregos, bem menos que as 225 mil vagas previstas por analistas. Como a previsão é de que os juros norte-americanos começarão a subir a partir do ano que vem, a preocupação dos investidores é saber quando o Fed iniciará esse processo e com que velocidade.

Os futuros de Nova York também acompanham a fraqueza das bolsas europeias, que recuam após uma pesquisa divulgada no fim de semana ter indicado pela primeira vez que a maioria dos eleitores na Escócia é a favor de sua independência em relação ao Reino Unido.

No noticiário corporativo, a gigante chinesa de comércio eletrônico Alibaba começa a oferecer hoje suas ações a investidores, como parte da oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) em Wall Street. Os papéis do Yahoo!, que detém participação de 24% no Alibaba, subiam 1,6% no pré-mercado.

Na Europa, a Electrolux anunciou um acordo para a compra da divisão de utensílios domésticos da General Electric, por US$ 3,3 bilhões. Nos negócios do pré-mercado, as ações da GE tinham ligeira alta de 0,2%.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsas de valoresNYAlibaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.