Índios desocupam instalações da Vale em Carajás

A Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) divulgou que os índios da Terra Indígena Xikrin, das aldeias Cateté e Djudjêkô, desocuparam suas instalações industriais em Carajás (PA) no fim da tarde de hoje. As atividades operacionais deverão ser retomadas ainda hoje. De acordo com a Vale, cerca de 500 mil toneladas de minério de ferro deixaram de ser exportadas devido à ocupação.Segundo nota da mineradora, "os índios acataram parcialmente a decisão da Justiça Federal, que determinou a imediata reintegração de posse, pois algumas lideranças destas comunidades permanecem no local".A Vale alega que a mina de Carajás não situa-se em território indígena e que não aceita "negociar com comunidades que utilizem meios ilegais para forçar a companhia a aceitar suas exigências".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.