Inflação dos EUA anima bolsas da Ásia; HK sobe 1%

A alta de ontem em Wall Street, que se seguiu à divulgação de uma queda da inflação no atacado dos EUA, animou as bolsas da Ásia nesta quarta-feira. O índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) dos EUA caiu de 0,5% em junho para 0,1% em julho, o que reduziu a possibilidade de elevação das taxas de juros norte-americanas e levou o índice Dow Jones da bolsa de Nova York a um avanço de 1,2%. Na bolsa de Hong Kong, o índice Hang Seng encerrou os negócios com alta de 1%. Na China, a alta da bolsa foi impulsionada pela divulgação dos resultados de grandes empresas no primeiro semestre. O Xangai Composto subiu 1,3% e o Shenzhen Composto, 1,6%. No sistema automático de preços, o yuan se valorizou e a cotação do dólar baixou para 7,9901 yuans, de 7,9937 ontem. Segundo os operadores do mercado de câmbio, a moeda chinesa acompanhou a valorização do iene frente ao dólar, mas a queda de ontem e a alta de hoje mostram a crescente volatilidade do yuan. De acordo com um operador, tal volatilidade pode sinalizar que brevemente o yuan sairá da banda de variação diária de 0,3%. A China teria, então, uma desculpa para ampliar a banda sem parecer que esteja cedendo às pressões dos EUA pela flexibilização do câmbio. Na bolsa de Taiwan, o índice Taiwan Weighted ganhou 1,2%, a maior alta em um mês, puxado pelas ações das empresas de alimentos e de tecnologia. Na bolsa sul-coreana, o destaque foram as companhias exportadoras e o setor financeiro, que empurraram o índice Kospi para uma alta de 1,6%. O índice S&P/ASX 200 da bolsa da Austrália chegou ao final do pregão com alta de 0,5%, também sob influência dos ganhos de Wall Street e da inflação no atacado dos EUA. Nas Filipinas, o índice PSE Composto da bolsa alcançou elevação de 0,6%, com destaque para as ações do conglomerado Megaworld, que subiram 6,5%. O Banco das Ilhas Filipinas, segundo maior do país, teve valorização de 3,9%. Em Kuala Lumpur (Malásia), o índice composto de 100 blue chips teve queda de 0,63%, enquanto o Strait Times da bolsa de Cingapura teve alta de 0,52%. Em Jacarta (Indonésia), o JSX Composto encerrou o pregão em alta de 0,95%. (As informações são da Dow Jones)

Agencia Estado,

16 de agosto de 2006 | 07h12

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.