Inflação incomoda e Bolsa de NY encerra em queda

O mercado norte-americano de ações fechou com os principais índices em queda, embora bastante acima das mínimas do dia. As Bolsas abriram em queda, depois da divulgação do índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) de setembro, e o índice Dow Jones chegou a cair 93 pontos. O PPI cheio caiu 1,3%, quando se previa um recuo de 0,7%, mas o núcleo, que exclui os preços de energia e alimentos, subiu 0,6%, quando se previa uma alta de 0,2%. "O núcleo do PPI, que saiu pior do que se esperava, foi uma desculpa para os operadores realizarem lucros rapidamente, mas havia muitos otimistas que aproveitaram esse movimento de venda como uma oportunidade para colocar seu dinheiro para trabalhar", comentou o operador Paul Schatz, da Heritage Capital. Ações Duas empresas cujas ações são componentes do Dow Jones divulgaram resultados durante o dia, Johnson & Johnson, que subiu 1,77%, e United Technologies, que cedeu 2,26%. As ações da CBOT Holdings, que controla a Chicago Board of Trade, subiram 13%, e as da Chicago Mercantile Exchange avançaram 2,6%, depois do anúncio de um acordo para a compra da CBOT pela CME por US$ 8 bilhões em dinheiro e ações. Expectativas de consolidação também fizeram subir as ações da Nasdaq Stock Market (alta de 1,3%), da Intercontinental Exchange (ganho de 5,7%) e as da International Securities Exchange (acréscimo de 4,9%). No setor farmacêutico, as ações da Icos subiram 16%, depois de a Eli Lilly anunciar um acordo para assumir o controle total da empresa por US$ 2,1 bilhões. No setor de autopeças, as ações da Lear subiram 15%, após o investidor Carl Icahn anunciar que pretende aumentar sua participação na empresa para 16%. Entre as ações de empresas que divulgaram resultados, os destaques foram Merrill Lynch, que registrou ganho de 0,49%, Jefferies Group, que avançou 7,7%, e Manpower, que fechou em alta de 5,6%. Entre as ações de empresas que divulgariam resultados depois do fechamento, as da IBM subiram 0,28%, as da Intel caíram 3,52% (após rebaixamento de recomendação pela Goldman Sachs), as da Yahoo perderam 0,12%, as da Motorola fecharam em queda de 2,51% e as da Novellus Systems recuaram 2,02%. Entre as empresas que devem divulgar informes de resultados do terceiro trimestre nesta quarta-feira, os destaques são Abbott Laboratories, Alliance Data Systems, AMR (American Airlines), AMD (Advanced Micro Devices), Apple Computer, Boston Scientific, Citrix Systems, E*Trade Financial, eBay, General Dynamics, JP Morgan Chase, Juniper Networks, Mellon Financial, Occidental Petroleum e Teradyne. Índices O índice Dow Jones fechou em queda de 30,58 pontos, ou 0,26%, em 11.950,02 pontos. A mínima foi em 11.887,19 pontos e a máxima em 11.979,08 pontos. O Nasdaq encerrou com perda de 18,89 pontos, ou 0,80%, em 2.344,95 pontos, com mínima em 2.329,80 pontos e máxima em 2.354,07 pontos. O Standard & Poor's-500 caiu 5,00 pontos, ou 0,37%, para 1.364,05 pontos. O Nyse Composite, que reúne todas as ações negociadas na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse), recuou 46,02 pontos, ou 0,53%, para 8.646,44 pontos. O volume negociado na Nyse alcançou 1,531 bilhão de ações, de 1,452 bilhão ontem; 1.265 ações subiram, 2.074 caíram e 142 fecharam nos mesmos níveis de ontem. No Nasdaq, o volume alcançou 2,163 bilhões de ações negociadas, de 1,856 bilhão ontem, com 1.125 ações fechando em alta e 1.885 em queda. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

17 de outubro de 2006 | 18h37

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.