Inflação no atacado dos EUA e Copom no Brasil

São Paulo, 18 de julho - Sai hoje nos Estados Unidos um dos indicadores econômicos mais acompanhados pelos mercados internacionais, o índice de preços ao produtor. O dado é bastante esperado. Desde maio os mercados vêem se pautando pelos indicadores americanos e os investidores querem saber se o Fed (o banco central americano) vai ou não continuar com sua política de aperto monetário, mesmo com a desaceleração econômica. No Brasil, começa a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central. O encontro termina amanhã com a decisão sobre a nova taxa de juros brasileira (Selic). EUA/PPI - O Departamento do Trabalho dos Estados Unidos divulga, às 9h30, o índice de preços ao produtor, mas conhecido por PPI, de junho. EUA/Instinet - O Departamento do Comércio dos Estados Unidos divulga, às 9h55, a pesquisa semanal LJR Redbook, com o desempenho do comércio varejista na semana até o último dia 15. EUA/Tesouro - O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos divulga, às 10 horas, os dados do fluxo de capitais de e para os EUA em maio. EUA/Imóveis - A Associação Nacional das Construtoras de Casas (NAHB) nos Estados Unidos divulga, às 14 horas, o índice de atividade de julho. EUA/Indústria - A Associação da Indústria de Semicondutores divulga, às 23h30, a relação "book to bill" (novas encomendas/vendas faturadas) do trimestre abril/junho. EUA/Fed - O diretor do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Kevin Warsh, fala às 10 horas em evento nos EUA. IBGE/Varejo - O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga, às 9h30, a pesquisa sobre vendas do comércio varejista de maio. Em abril, a taxa foi de 1,5%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.