Inflação no México fica acima da meta do BC em agosto

O aumento dos custos de alimentos e educação puxaram a inflação no México durante o mês de agosto e fizeram a taxa anual superar a meta do banco central do país pelo segundo mês consecutivo.

Estadão Conteúdo

09 de setembro de 2014 | 13h18

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) mexicano subiu 0,36% em comparação com julho e 4,15% em relação a agosto do ano passado, informou o Instituto Nacional de Estatísticas. O núcleo do CPI, que exclui itens voláteis como alimentos e energia, subiu 0,21% no mês e 3,37% no ano. A previsão dos economistas consultados pela Dow Jones Newswires era de alta mensal de 0,32% no CPI e de 0,19% no núcleo.

Esse foi o segundo mês seguido de inflação anual acima da meta do Banco do México, que é de uma taxa entre 2,0% e 4,0%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
MÉXICOINFLAÇÃO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.