Inflação nos EUA concentra atenções do mercado

São Paulo, 15 de setembro - O indicador mais importante da semana será divulgado esta manhã e deve definir a trajetória dos mercados para o dia. É o índice de preços ao consumidor, o dado mais observado pelo banco central norte-americano para monitorar a inflação no país e assim decidir os rumos de sua política monetária. Caso o índice venha acima das previsões dos economistas, o mercado financeiro tenderá a reagir negativamente. EUA/Inflação - O Departamento do Trabalho dos EUA divulga o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) de agosto às 9h30 (horário de Brasília). Economistas prevêem inflação de 0,3% em agosto, ante 0,4% em julho. Para o núcleo do índice, que exclui os preços de energia e alimentos, as previsões são de alta de 0,2% em agosto, contra 0,2% em julho. O núcleo é o mais observado pelo Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) para definir sua política para as taxas de juro. EUA/Indústria - Às 10h15 (horário de Brasília), o Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) divulga os dados da produção industrial em agosto. EUA/Indústria regional - Às 9h30 (horário de Brasília), o Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) de Nova York divulga o índice de atividade industrial regional Empire State referente a setembro. EUA/Consumidor - A Universidade de Michigan divulga para seus assinantes às 10h45 (horário de Brasília) o índice de sentimento do consumidor preliminar de setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.