Inflação nos EUA fica estável em outubro ante setembro

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) dos EUA ficou estável em outubro, ante setembro, em termos sazonalmente ajustados, segundo o Departamento do Trabalho, melhor que a previsão, de queda de 0,1%. O núcleo do CPI, que exclui as categorias de alimentos e energia, também superou a estimativa de economistas, de ganho de 0,1%, e subiu 0,2%.

Estadão Conteúdo

20 de novembro de 2014 | 11h57

Na comparação anual, o CPI avançou 1,7% em outubro, pelo terceiro mês seguido. O Federal Reserve tem definido a meta de inflação anual a 2% como sinal de estabilidade de preços e crescimento econômico saudável. Com isso, o indicador se mantém abaixo da meta por quase dois anos e meio.

O núcleo do CPI registrou alta de 1,8% na comparação anual.

Separadamente, o Departamento do Trabalho informou que os ganhos semanais dos norte-americanos ajustados pela inflação subiram 0,4% em outubro, ante setembro. O ganho na comparação anual foi de 0,9%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAinflaçãooutubro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.