Intel prevê corte de 10,5 mil empregos até metade de 2007

A Intel informou que vai cortar 10,5 mil empregos, ou cerca de 10% de sua força de trabalho, até a metade do ano que vem, como parte de um amplo programa de reestruturação. A maior fabricante de chips do mundo disse que as demissões vão representar uma economia de US$ 2 bilhões para a companhia em 2007, valor que pode chegar a US$ 3 bilhões em 2008. Os custos dos cortes deverão ser de cerca de US$ 200 milhões. A companhia acrescentou que a maior parte dos cortes este ano vai ocorrer nas áreas de gerenciamento, marketing e tecnologia de informação. No ano que vem, os cortes deverão ser mais amplos, por causa do aumento da eficiência nos processos de fabricação, da eliminação de redundâncias organizacionais e da melhoria dos métodos de design de produtos e de processos. As ações da Intel operavam em baixa de 1,50% no after hours em Nova York, cotadas a US$ 19,69. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.